Início dos atalhos. Fim dos atalhos.
Início do topo.
Fim do topo.
 
Prêmio Respostas para o Amanhã comemora bons resultados

Prêmio Respostas para o Amanhã comemora bons resultados

Caia Amoroso, Isabella Viana
25/07/2019
Compartilhar:

Iniciativa da Samsung, o Prêmio Respostas para o Amanhã prepara os próximos passos em direção ao futuro


O Prêmio Respostas para o Amanhã[1], iniciativa da Samsung em parceria com o CENPEC Educação, comemora o sucesso da 6ª edição. Este ano, foram 919 projetos inscritos, envolvendo 605 escolas, 684 professores e 7.679 estudantes de todo o país. Dentre os professores inscritos, 35% já haviam participado de edições anteriores, um indicativo da grandeza e aderência do Prêmio, que em 2019 contou com escolas de todos os estados brasileiros.

Criado em 2014, o Prêmio incentiva jovens a pensar e desenvolver, com orientação de seus professores, projetos nas áreas de Ciências da Natureza e da Matemática, para buscar por soluções de impacto que contribuam para a sociedade e as comunidades em que vivem, a partir da abordagem STEM (em inglês, Science, Technology, Engineering and Mathematics – Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

A proposta é que conhecimentos curriculares sejam colocados em prática para solucionar problemas do cotidiano, proporcionando melhorias na qualidade da educação e no entorno das escolas. “A Samsung quer despertar o interesse por tecnologia e inovação nos alunos e professores. Acreditamos na educação como peça-chave para estimular e transformar a vida das pessoas”, comenta Isabel Costa, Gerente de Cidadania Corporativa da Samsung Brasil.

Para Mônica Gardelli Franco, diretora executiva do CENPEC Educação, o Prêmio também colabora para a melhoria da prática pedagógica de professores de todo o Brasil. “O Prêmio Repostas para o Amanhã tem permitido aos professores refletir sobre sua prática, oferecendo, inclusive, formações em metodologia de projetos e na abordagem STEM, para que eles possam aprimorar suas práticas em sala de aula nesse que é um dos desafios grandes do Ensino Médio brasileiro: o ensino de Ciências da Natureza e de Matemática”, avalia.

STEM com foco nas soluções reais

Para Mariana Lorenzin, professora participante do Prêmio Respostas para o Amanhã, a abordagem STEM é um caminho para o ensino de Ciências, orientação de projetos e integração de áreas como Ciências da Natureza, Tecnologia, Engenharias e Matemática. O STEM incentiva o trabalho em grupo na busca por soluções para problemas reais.

Desde 2014, o Prêmio objetiva ações de protagonismo juvenil para desvendar questões do nosso tempo. Rubia Camaratiba, técnica de projetos do CENPEC Educação, ressalta que propor soluções para problemas reais, identificados na comunidade, na escola, ou até mesmo no âmbito global, faz com que os estudantes pensem sobre temas contemporâneos.

Rubia Camaratiba (na imagem, à esquerda), técnica de projetos do CENPEC Educação, reforça o papel do envolvimento dos alunos com a abordagem STEM para elaboração de diferentes iniciativas, como por exemplo, uma horta ou a recomposição de uma mata ciliar. “A semente foi plantada: muitos professores que participaram de outros anos se inscreveram nesta edição, com turmas e projetos diferentes. Isso prova que a abordagem STEM foi bem aceita e pode ser aplicada em diferentes situações”, afirma.


Próximos passos – 6º edição


O próximo passo será o detalhamento dos projetos válidos: serão 20 semifinalistas divulgados em 1º de agosto no portal do Prêmio Respostas para o Amanhã. Os selecionados terão até 16 de agosto para o detalhamento de seus projetos. A segunda fase segue com 10 projetos selecionados, sendo três deles finalistas nacionais.

O Prêmio Respostas para o Amanhã, iniciativa da Samsung com coordenação do CENPEC Educação, está na sexta edição e, ao todo, já recebeu mais de 5,7 mil inscrições, de 18 mil projetos e teve 4 mil escolas participantes, envolvendo 10,2 mil professores e 153 mil estudantes. A iniciativa também tem a parceria da Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além do apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

 [1]Promoção comercial autorizada perante a SECAP Certificado de Autorização nº 03.001328/2019. Para mais informações, consulte o site: https://respostasparaoamanha.com.br/

Comentários

Comentários