Fique por Dentro

28/01/2019

"Educação é transformar, libertar e fazer pensar ciência", diz autora

Caroline Marques - Fonte/ G1 - Globo
Compartilhar:

Andriele Ferreira Muri comparou o resultado de avaliações de ensino entre Japão e Brasil para descobrir o que torna o país asiático um destaque no exame.

 

Como o método de ensino de um país faz com que a população alcance o letramento científico? Por que o Japão se sai bem em provas de avaliação internacional de ensino de ciência e o Brasil apresenta resultados pífios?

Para entender as diferenças e semelhanças entre o ensino de ciências do Brasil e do Japão, a hoje doutora em educação Andriele Ferreira Muri foi atrás de dados. Ela analisou os resultados dos dois países no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) das edições voltadas a ciências (2006 e 2015), acompanhou como são dadas as aulas, e comparou políticas públicas.

 

Para acessar a matéria completa clique aqui.

TAGS: Currículo Ciências da Natureza Prática Educativa Prática Pedagógica Biologia Química Ensino Médio Física

Deixe seu comentário:

ENVIAR
Iniciativa
Samsung
Coordenação Geral
Cenpec
Apoio
REPRESENTAÇÃO DA UNESCO NO BRASIL
 
reduca
 
consed
 
OEI
Certificado de Autorização CAIXA nº 3-5304/2018.